Gente Boa

Data: 22.Abr.2015
Fonte: O Globo


Soltinha na Pista

Gisele Bündchen dança 'batendo cabelo' na noite em que se despediu das passarelas A aparição de Gisele Bündchen nas festas da Colcci é garantida por contrato. Ela sempre TEVE que ir - mas anteontem foi diferente. Gisele QUIS ir à festança armada pela marca em sua homenagem, logo depois daquele que deve ser o último desfile de sua vida, na São Paulo Fashion Week. Ela estava animada, feliz, e dançou como se não houvesse amanhã na boate mauricinha Club A, dentro de um hotel paulistano.

Gisele e o marido, Tom Brady, chegaram separados à festa - ele, antes dela. Tom não falou com a imprensa e esperou a mulher num cercadinho especial, onde era servida uma massa com molho de tomate, que o casal traçou sem dó nem pena. A festa era para 500 pessoas, e a pista teve um repertório dos mais variados: Madonna, Spice Girls, Shakira, NewOrder, MC Ludmilla... Gisele, que no início da noite passou um bom tempo no espaço vip, se mandou para o meio da galera e dançou batendo cabelo ao lado do marido, das irmãs Gabriela e Patrícia e da amiga das antigas Fernanda Tavares.

Gabriela contava que a família Ficou beeeeem emocionada com o derradeiro desfile. "Todo mundo chorou" Brady não falou com jornalistas, mas escreveu para Gisele em seu Facebook: "Parabéns, meu amor. Ninguém ama mais a vida do que você, sua beleza é muito mais profunda do que os olhos podem ver. Mal posso esperar para ver o que vem por aí. Te amo."

'CRESCI MIMADO POR MULHERES'

Reynaldo Gianecchini lembrou passagens de sua vida e carreira em entrevista para o programa "Grandes atores',' do Canal Viva. O ator contou que "foi difícil" fazer par romântico com Gloria Pires, no remake de "Guerra dos sexos" "Não tenho pudor com cenas de sexo, beijo, mas com ela tive. Acho que é por ter muito respeito, uma paixão artística pela Glorinha',' disse. Gianecchini lembrou ainda que cresceu cercado por mulheres. "Sou de uma família de muitas, cresci sendo mimado por elas. Era meu destino, fiquei mal-acostumado" brincou. "Pude entender a alma feminina, mas acho sempre difícil comMEU BEM

Desbloquear o corpo e despertar os sentidos são alguns dos princípios defendidos por Osho, mestre da meditação. Esses mandamentos também são os pilares da terapeuta Deva Pyari, que ministra o workshop "Corpoterapia - Uma vivência tântrica em quatro horas dinâmicas" hoje, no Centro Osho Sukul, em Copacabana. A ideia é oferecer uma válvula de escape para o estresse do dia a dia. "É um processo de consciência corporal através também da dança e do teatro" conta. Ela busca promover o que chama de "integração corporal, energética e emocional" "Quando a gente entra em contato com nossa consciência, nossas ações e emoções, vê que todos os problemas são passageiros e se religa com a nossa essência',' defende Pyari.

Samba in Rio

Um megafestival de samba vai acontecer em julho na Apoteose. A prefeitura já deu ok para o "Samba in Rio" criado pela ex-porta-bandeira Babi Cruz, mulher de Arlindo Cruz. Ela vai promover encontros inéditos em dois dias e sonha com esta programação: Arlindo e Chico Buarque; Fundo de Quintal e Seu Jorge; Zeca Pagodinho e Jorge Benjor; Maria Rita e Moraes Moreira. "O esquema é hollywoodiano, o samba merece" diz Babi, que planeja um evento a cada dois anos.

Aliás e a propósito

Uma edição extraordinária do "Samba in Rio" deve acontecer durante as Olimpíadas. "Será menor, com palcos espalhados pela cidade, tipo uma epidemia de samba',' brinca Babi.

Aquele amor é bandido

Uma nova modalidade de assalto teve como vítima uma aluna do Santo Agostinho, no Leblon, quinta à tarde - e o ladrão acabou preso. A adolescente voltava para casa e, ao. atravessar a General San Martin com Almirante Guilhem, foi abraçada pelo bandido. Ele fingiu ser seu namorado e, sempre abraçado a ela, sussurrava em seu ouvido, exigindo que lhe passasse tudo: dinheiro e celular.

Segue a história

O "casal" gerou desconfiança em quem passava por perto e o ladrão foi detido por três homens assim que chegou ao calçadão, também no Leblon. Esse tipo de sequestro relâmpago, sempre com o mesmo modus operandi, não é inédito na Zona Sul. Mas é a primeira vez que o bandido acaba sendo preso.

Ela vem à Bienal

Sucesso entre os jovens, a escritora Colleen Hoover, autora das séries "Slammed" e "Hopeless" (Galera Record), está confirmada na Bienal do Livro do Rio, em setembro. Sua obra deve ser vista em breve também nos cinemas: os direitos de adaptação de "Slammed" foram comprados por Lòrenzo di Bonaventura, mesmo produtor dos blockbusters "Transformers" e "G.I. Joe"

É tudo contêiner

De olho nos novos empreendimentos da Lapa - a Sala Cecília Meireles está um brinco, e um hotel da rede Vila Galé abre por lá em breve -, dois franceses e um iraniano estão construindo um hostel todo feito de contêineres, na Rua do Lavradio. Ele terá 100 quartos, e a ideia é inaugurá-lo antes das Olimpíadas.

É tendência

Parece que construções deste tipo viraram moda. Na região será inaugurado o "Da Lapa',' albergue do arquiteto Hélio Pellegrino, também feito de contêineres.

Estrelas mudam de lugar

Inspetores do Guia Michelin já começam a trabalhar na próxima edição brasileira do livrinho vermelho. Eles vão visitar estabelecimentos ainda neste semestre.

Rio $urreal

O preço das cangas vendidas na praia se aproxima perigosamente dos três dígitos. Já tem vendedor oferecendo o pedaço de pano por R$ 80, em Ipanema.

Curtinhas

O 32º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado do Rio vai até sábado no Centro de Convenções SulAmérica

As festas Catch e Beachbeat se juntam hoje, na boate The Week.

Fábio Barbirato fala hoje no Instituto de Psiquiatria da UFRJ sobre as novidades no tratamento de autismo.

O tatuador Minero faz workshop do estilo Neo Tradicional, domingo, no Studio Riolnk, no Flamengo.

A 3R Studio lança "Guia de Fornecedores" no site da revista "Inesquecível Casamento".

Nelson Freitas é o convidado especial no "Cassino dos Gatunos", no Barzin, hoje.

"S'Imbora, O musical - A História de Wilson Simonal", reestreia hoje no João Caetano.

Hrocha Galeria de Arte abre hoje a mostra "Arqueologia emotiva", de Osvaldo Gaia, com curadoria de Nuno Ribeiro. 

#

Rio de Janeiro
Rua Salvador Allende, 6.555
Barra da Tijuca - CEP: 22870-160
Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Tel: (21) 2441-9100 | Fax: (21) 2441-9398
São Paulo
Rodovia dos Imigrantes, km 1,5         
CEP: 04329-900
Tel: (11) 5067-1760