Hocus Pocus DNA, o novo reduto cervejeiro de Botafogo

Data: 17.Out.2016
Fonte: Agenda Carioca /Online


Clique aqui para ler a matéria direto da fonte.


Depois de conquistar os cariocas através das feiras gastronômicas, a premiada cervejaria Hocus Pocus ganha uma sede oficial em Botafogo. Em um cantinho pouco explorado, na Rua Dezenove de fevereiro, está o Hocus Pocus DNA, onde os cariocas agora vivenciam uma experiência completa da marca, através de uma imersão despretensiosa no universo da cerveja – para iniciantes e iniciados, diga-se de passagem.
 

Num galpão aconchegante que se estende até as mesinhas na calçada, 14 torneiras oferecem diferentes possibilidades. Entre elas, estão 6 criações próprias da Hocus Pocus, 4 de marcas convidadas, um soft drink e, para fechar, um drinque on tap criado com tendências da coquetelaria carioca. O da vez, diga-se de passagem, é o Apa Kadavar Fizz, que mistura gim, vermute, grapefruit e o delicioso chope APA Cadabra, uma American Pale Ale de aroma cítrico, que lembra maracujá. “O bar é uma extensão da nossa casa, para apresentar ao público o que a gente bebe, o que a gente come, o que a gente ouve. Seja no Rio, pelo Brasil ou pelo mundo”, resume Vinicius Kfuri, mestre cervejeiro e sócio do espaço ao lado de Natasha Brust Pulitini, Álida Walvis, Pedro Butelli, Bruno Mansur, da cervejaria, e Rodrigo Brites e João Pedro Badue, do Dogaria, foodtruck de hot-dog, que antes estacionava no local.
 

Entre as pratas da casa, estão a Interstellar (R$ 14), uma India Pale Ale com aromas de manga e maracujá, com sabor de lúpulo extremo para uma IPA de “apenas” 7,0%; a Hush (R$ 12), uma Amber Ale criada em parceria com o chef Rafa Costa e Silva, do restaurante Lasai, feita com malte caramelizado e 5,5% de ABV, e a Magic Trap (R$ 13), uma das mais conhecidas, a Belgian Strong Golden Ale de aroma frutado que lembra a banana, levemente adocicada, mas com perigosos 8,5% de gradação alcoólica. À minha visita, o ápice da noite se deu com a Overdrive, novidade quente da casa, que inclusive está no Mondial de La Bière, uma Northeast Double IPA super cítrica.
 

Para quem gosta de experimentar, boa notícia: a casa oferece um flight, opção com degustação de 4 chopes, a R$ 35, que inclusive podem vir acompanhados por embutidos artesanais ou queijos. E se animar de arrematar algum rótulo que tenha gostado, eles vendem growlers, recipientes próprios para quem quiser levar chope para casa. “Quando você compra cerveja em garrafa, ela já foi pasteurizada. A ideia é que o cliente leve o produto mais fresco possível para casa, como se estivesse tomando direto do tanque”, explica Vinicius.
 

Para segurar a onda, o cardápio traz as criações do chef Aylton Viana, ex-Aprazível e Refeitório RJ, com inspirações da gastronomia de rua internacional, como o sanduíche de croquete de língua com mostarda no pão de leite (R$ 24), comum nas ruas de Amsterdã, o churrasquinho de polvo que chega à mesa coberto por azeite de páprica com batata-doce e vinagrete de cebola-roxa (R$ 32), e os bitterballen holandeses, bolinhos fritos de linguiça artesanal servidos com molho bechamel (R$ 15), de comer rezando! Para os veganos, a opção é o pad-thai, macarrão taliandês de arroz com cebola-roxa, alho-poró, shiitake do Umami Cogumelos e couve-flor empanada na cerveja Magic Trap com molho tonkatsu (R$ 28). Na hora da glicose, nem hesite: vá de Space Cookie (R$ 23), feito com chocolate belga ao leite e branco, que chega à mesa em uma panelinha quente, acompanhado de uma bola de sorvete de baunilha da Sorvete Local. Piração! 

 

HOCUS POCUS DNA
 

Rua Dezenove de Fevereiro, 186, Botafogo

Tel.: (21) 4107-3107

Ter. e qua., das 18h à meia-noite; qui. e sex., das 18h à 1h; sáb., das 18h às 2h; dom., das 16h as 23h.

#

Rio de Janeiro
Rua Salvador Allende, 6.555
Barra da Tijuca - CEP: 22870-160
Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Tel: (21) 2441-9100 | Fax: (21) 2441-9398
São Paulo
Rodovia dos Imigrantes, km 1,5         
CEP: 04329-900
Tel: (11) 5067-1760