IACP Interseg 2014 termina em Florianópolis (SC) com debates sobre integração internacional dos órgãos de inteligência e uso de TI na Segurança Pública

Data: 11.Set.2014
Fonte: IACP Interseg - Assessoria de Imprensa


Ao longo de três dias, evento reuniu autoridades nacionais e internacionais, além de 60 marcas expositoras na feira de tecnologia e negócios

 

A 14a edição da IACP Interseg terminou na quinta-feira (11.09), em Florianópolis (SC), com um amplo debate sobre a forma como entidades globais de inteligência - FBI e Interpol, por exemplo - precisam de uma grande rede de relacionamento com órgãos de segurança de outros países para oferecer apoio eficaz na prevenção de crimes como tráfico internacional, colarinho branco e contrabando. “O FBI é uma estrutura global, que conta com 35 mil funcionários. Por isso, a comunicação é um desafio e dependemos deste contato com a IACP, por exemplo, para atualizar nossa biblioteca de informações”, explicou o consultor sênior para serviços de aplicação da lei do FBI, Ronald Ruecker.

 

O Oficial de Treinamento da Interpol na Argentina, Gustavo Mellado, explicou de que forma a entidade oferece apoio às polícias nacionais – rede segura de comunicação, rede de dados especializada, notificações e avisos (sobre desaparecidos, foragidos, cadáveres, por exemplo) e, principalmente alianças internacionais e treinamento. “Nossa preocupação está na capacitação para o uso das ferramentas, como foco no treinamento daqueles que por sua vez também treinam outros agentes”, definiu Mellado. A Interpol tem nove bases em todo o mundo. Na América Latina a sede é em Buenos Aires.

 

No encerramento do painel, o gerente de Projetos do SINESP (Serviço Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e sobre Drogas), Rogério Bernardes Carneiro, apresentou as novidades em tecnologia da informação que estão sendo desenvolvidas para integrar as bases de dados das polícias no Brasil e o modus operandi para uniformizar procedimentos como boletins de ocorrência, chamados de emergência e termos circunstanciados. A necessidade de alimentar o sistema com informações exatas foi um dos pontos mais preocupantes elencados pelo palestrante: “não sabemos o que é pior, prender um inocente ou soltar um criminoso. Por isso temos que ter todas as informações corretas, para evitar este tipo de problema”, definiu Carneiro.

 

Balanço - Ao longo dos últimos três dias, a capital catarinense recebeu as principais autoridades da segurança pública do Brasil, além de representantes das polícias dos Estados Unidos, Argentina, Colômbia e Equador, em um fórum que discutiu a capacitação dos profissionais que atuam no setor e apresentou o que há de mais moderno em tecnologia para monitoramento e segurança. Ao todo, a feira contou 60 marcas expositoras, entre elas, grandes empresas como Airbus, Rontan, Helibras, BMW, Fiat, Motorola e Harley Davidson.

 

“A Interseg é uma boa oportunidade para apresentarmos soluções e tecnologias desenvolvidas especialmente para apoiar missões tão importantes como as de segurança pública no Brasil”, afirmou Patrícia Lima, diretora de operações comerciais da Helibras. Para Yuri Araújo, gerente da Airbus, “o evento já faz parte do nosso calendário anual de eventos. Participamos todo ano porque reúne os principais órgãos da segurança pública. Nosso objetivo aqui é estabelecer relacionamentos, seja com o público ou com outras empresas e entidades. Na opinião de Caroline Bolzan, gerente de Marketing da Rontan, “o contato com o público foi satisfatório e o evento atendeu nossas expectativas”.

 

A abertura da Interseg, na terça-feira (09.09), teve a presença do presidente da IACP, Yost Zakhary, do governador em exercício de Santa Catarina, desembargador Nelson Schaefer Martins, do Secretário de Segurança Pública de Santa Catarina, Cesar Grubba, e de vários Secretários de Segurança, Comandantes-gerais das polícias militares, Chefes de Polícia Civiel entre outras autoridades de todo país. Na quarta (10), a Secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki, participou dos debates sobre os desafios do ensino policial no país. “O que distingue o IACP de outros eventos do tipo são os painéis, a discussão com quem tem que executar a segurança pública, quem faz isso no dia a dia. É nosso dever pautar as mudanças nesta área, bem como realizar um debate sincero entre nós sobre o tema, afirmou a Secretária.

 

O evento foi um sucesso e cumpriu com seus objetivos. Os debates foram muito enriquecedores, unindo a importância da capacitação e treinamento dos profissionais ao uso de novas tecnologias, que qualifica a atuação das forças de segurança pública e traz um benefício global à população.  A grande presença de autoridades nacionais e internacionais no evento permitiu visibilidade às marcas que participaram da feira, definiu Rubens Slaviski, diretor de negócios da Interseg.   

 

O evento também contou com encontros dos principais colegiados da segurança pública do Brasil, entre eles o CONSESP - Colégio Nacional de Secretários Estaduais de Segurança Pública, CNCG - Conselho Nacional de Comandantes-gerais das Polícias Militares e Corpo de Bombeiros Militares do Brasil, CONCPC - Conselho Nacional dos Chefes de Polícia (Policiais Civis do Brasil), LIGABOM – Liga Nacional dos Corpos de  Bombeiros Militares do Brasil, DPRF Superintendentes - Reunião dos Superintendentes Regionais do Departamento da Polícia Rodoviária Federal e dos PERITOS - Conselho Nacional de Dirigentes Gerais de Órgãos Periciais Forenses. A novidade para 2014 ficou por conta da reunião anual da FENEME – Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais e do encontro da ACORS – Associação de Oficiais Militares de Santa Catarina. 


Serviço: 09 a 11 de setembro - Centro de Eventos Centrosul - Av. Governador Gustavo Richard, 850, Centro, Florianópolis, Santa Catarina. 9h às 18hs
www.feirainterseg.com.br

#

Rio de Janeiro
Rua Salvador Allende, 6.555
Barra da Tijuca - CEP: 22870-160
Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Tel: (21) 2441-9100 | Fax: (21) 2441-9398
São Paulo
Rodovia dos Imigrantes, km 1,5         
CEP: 04329-900
Tel: (11) 5067-1760